lombalgia.jpeg

Sabia que mais de 80% da população sofre ou poderá vir a de lombalgia? E que as causas das dores são mais do que simples entorses ou alterações mecânicas?

 

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), cerca de 80% da população tem ou terá em algum momento da vida a dor lombar. Elaé considerada a maior causa de afastamento do trabalho por pessoas com menos de 45 anos. Os sintomas e sinais de lombalgia vão desde ligeiros desconfortos, dores, queimações, crises com "travamentos” e até incapacidade de ficar de pé e andar. Cada caso de lombalgia pode ser diferente do outro, com causas e diagnósticos totalmente diferentes. Podem ter origem num grupo muscular (espasmos musculares) ou na própria articulação da coluna (vértebras com mobilidade reduzida). Também pode ser causada por afeção do sistema nervoso (compressão da medula e gânglios nervosos) ou alterações viscerais (problemas renais ou intestinais, por exemplo). Um bom diagnóstico permite tratar diretamente a origem e assim eliminar os sintomas com maior rapidez e eficácia.

 

A Microfisioterapia é uma técnica de terapia manual que procura identificar no corpo qual a causa primária de um sintoma ou doença, desencadeados por eventos, traumas ou agressões da vida que ficam memorizados no corpo.

 

Um estudo realizado com cerca de 300 pacientes com lombalgia, mostrou que uma única sessão foi suficiente para produzir melhorias no quadro clínico do paciente. Outros estudos recentes, mostram que a Microfisioterapia tem-se apresentado eficaz na maioria dos tratamentos em que é aplicada, apresentando respostas positivas, quanto à melhora dos sintomas e diminuição da deficiência funcional.

 

Paulo Fonseca

 

Ver estudo:

https://drive.google.com/file/d/1O7SVhINTMaWU12ZUI0ZW8SSVTX-sAeDG/view